9 Dicas de Marketing para Pequenos Empreendedores para 2019

O marketing digital é uma nova forma simples, rápida, segura e financeiramente atrativa para se fazer negócios. Se você é um pequeno empreendedor, tem que ler este artigo agora!

1 – Continue usando o bom e velho e-mail marketing

O e-mail chegou a ficar “esquecido” por algum tempo – mas, voltou com tudo e ainda é a forma mais usada das empresas chegar até os seus clientes.

O e-mail marketing nada mais é do que um padrão de conteúdo que é enviado para um grande número de pessoas (clientes ou potenciais clientes) de uma só vez.

Claro que há estratégias para isso… O fato é que se você não tem uma lista de e-mails, precisa começar a pensar nisso para usar o e-mail marketing de forma efetiva.

2 – As redes sociais não vão sair de moda tão cedo

Logo, você tem que continuar usando-as da forma certa.

Essas redes permitem a conexão entre empresa e cliente de forma direta.

No universo do empreendedorismo, essa é uma forma de marketing digital que mais causam dúvidas nos pequenos empresários – afinal, quando usá-las?

Realmente responder essa pergunta não é nada fácil, mas o melhor começo é considerar os seguintes itens: objetivos, planos, conteúdos, atualizações, feedbacks.

Ah, nunca se esqueça de monitorar suas redes e mídias sociais.

 

3 – Como está o seu blog?

Se você não tem um blog, já começou errado!

Você não precisa virar o blogueiro mais famoso do mundo – mas, há de considerar que esse é um canal muito interessante para se tornar relevante nos mecanismos de buscas da internet.

O blog é onde você vai divulgar informações importantes sobre algum tema.

E, nesse caso, você tem que estudar formas de ficar bem ranqueado, ou seja, de aparecer nas primeiras páginas do Google, Yahoo e outros sites que são usados como mecanismos de busca de palavras–chaves ou dúvidas.

 

4 – Ads (ou Links Patrocinados, como você queira)

Se nós estamos falando em estratégia de marketing digital, possivelmente esse será o primeiro termo que vem à sua cabeça, não é?

O Ads é uma forma de anúncio diferente dos anúncios tradicionais porque ele não tem o propósito de vender, inicialmente. A ideia central é a de “catalisar o tráfego”.

Nas palavras mais simples, podemos dizer que ele vai levar as pessoas (potenciais clientes) até o seu site – para de lá comprarem o produto ou o serviço.

 

5 – O funil de vendas – você precisa entender mais sobre isso!

Bom, considerando o Ads, que vai levar o seu cliente em potencial para o seu site, o que você deve fazer? Mostrar o seu produto e dizer para o leitor: compre-o? Claro que não!

Hoje em dia, muito se fala em funil de vendas… Que, sendo bastante simplista, funciona como uma isca para atrair o cliente para a compra.

Quer ver como funciona? O seu possível cliente entrou no seu site… Agora, você deve conseguir pensar em formas de fazê-lo entender sobre a importância do seu produto para a vida dele – sem citar o seu produto diretamente.

Entende isso?

E existem várias formas de conseguir isto – tudo vai depender da sua estratégia de marketing digital. O fato é que o Funil de Vendas tem que ser pensado seriamente para 2018.

 

6 – Repense sobre o que você está vendendo

Sim, essa dica tem tudo a ver com o marketing digital.

Na internet não podemos mostrar produtos como acontece nos folhetins de supermercados. A ideia central tem que ser a de vender os benefícios e não simplesmente os produtos.

A impressão do cliente tem a ver com a satisfação dele – isso inclui o atendimento, as mudanças, as melhorias, a vantagem competitiva e toda a presença na comunidade online.

 

7 – Esteja presente no mundo online – sempre!

Se você vai considerar o e-mail marketing, não vá pensando que é só enviar uma imagem lá e pronto – a mágica está feita. Nada disso.

Tanto nessa opção como nas redes sociais, no blog e em qualquer lugar, a empresa precisa estar presente. Isso tem a ver com defender a marca e saber lidar com o que está acontecendo no mundo digital.

Responda rápido, tenha assuntos interessantes e mostre conteúdo, sempre!

Ainda que sua empresa não seja tão reconhecida inicialmente, saiba que sua qualidade será vista durante suas divulgações.

 

8 – Comece a pensar sobre as redes Pinterest e Instagram

Essas são duas redes que se baseiam em imagens. Ambas são gratuitas e costumam ter muitos seguidores.

As plataformas já são usadas por cafeterias, restaurantes e lojas de todos os tipos. Mas, nem todo empresário considera essa opção – mesmo que deveria.

 

9 – Não se esqueça da imprensa nacional

Mesmo com o avanço da tecnologia, a imprensa ainda é uma boa forma de divulgar a sua empresa. Inclua comunicados nesses sites ou mesmo na parte mais tradicional dos meios de comunicação como forma de marketing.

Hoje em dia há várias ferramentas para o envio online de comunicados e releases.

 

Fonte: Digitalks

Conheça as vantagens de investir em mídia digital

De acordo com uma pesquisa do IPG Mediabrands Magna, em 2017 a compra de mídia digital irá ultrapassar pela primeira vez os gastos com publicidade na TV. Assim, a mídia online se tornará a maior categoria de publicidade no mundo, com um Market share de 40%, o que significa uma movimentação de U$202 bilhões, enquanto os investimentos em TV devem gerar cerca $186 bilhões e alcançar um market share de 36%. Mesmo com números que crescem a cada ano e a quantidade de pessoas conectadas 24 horas por dia na internet, existem empresas que não investem em mídia, seja por receio ou por não conhecerem as vantagens desta alternativa.

Anunciar na internet pode ser extremamente vantajoso para a sua empresa. Por este motivo, trouxemos este post para esclarecer as vantagens deste investimento, confira!

 

– SEGMENTAÇÃO
Com a quantidade infinita de dados disponíveis na internet é possível segmentar seu público de acordo com interesses, gêneros, idade, demograficamente, tipo de dispositivo, etc. Assim a sua campanha será mais efetiva e atingirá quem realmente interessa, evitando dispersão da mensagem e gastos desnecessários.

 

– CUSTO
O custo de anúncios em mídia digital é muito menor se comparado a mídias tradicionais como a televisão. Além de ser possível anunciar com pouco dinheiro, a segmentação permite que o retorno seja mais alto. Seu anúncio será exibido 24 horas por dia, sem barreiras geográficas e com ótimo custo-benefício.

 

– DINAMISMO
Com as campanhas digitais é possível modificá-las a qualquer momento. Quer trocar o tema? Abordar outro assunto? Pausar a campanha? Tudo é possível através na mídia online.

 

– SUPERVISÃO EM TEMPO REAL
Como tudo está ao alcance das mãos você pode acompanhar os resultados das campanhas em tempo real a partir do momento que é colocada no ar. Você pode ver o número de cliques, de visualizações e de comentários que ela recebeu, assim fica mais fácil mensurar os resultados e aceitação do público. Caso algo esteja errado, você pode alterar no mesmo instante, como dito anteriormente.
Com os dados das campanhas em mãos é possível avaliar as estratégias de marketing da sua marca, o que tem dado errado ou certo e ir em busca de mais eficiência.

 

– ENGAJAMENTO E INTERAÇÃO
Como a internet é uma via de mão dupla, é possível ver qual a reação do seu público diante da campanha. Ações de engajamento como compartilhamentos, cliques, curtidas e outros podem ser mensurados. Você pode conversar diretamente com o consumidor e acompanhar em tempo real as suas ações, criando um vínculo entre a empresa e seus clientes.

 

– ALCANCE
Que tal expandir seus negócios? Com a mídia digital o crescimento está ao alcance de um clique. É possível anunciar para qualquer pessoa, aonde quer que ela esteja através da internet. Mas fique atento se a sua empresa é capaz de atender a demanda de consumidores muito distantes.

 

Agora que você conhece todas as vantagens de investir em mídia online, que tal começar a sua campanha digital? Entre em contato com a Crunge, não perca tempo, oferecemos o melhor em marketing digital para a sua empresa.

8 dicas simples de marketing digital

Você está se sentindo como se estivesse atrasado em relação à concorrência?

Como um pequeno empresário, é muito fácil se sentir assim. Afinal, você não é uma grande empresa que pode contratar um exército de profissionais de marketing digital para acompanhar as últimas dicas de marketing digital.

Mas isso não significa que você não pode se tornar “um exército de um homem só”.

Suas armas são seu conhecimento. Depois de ler este artigo, você será capaz de extrair o seu melhor!

Existem muitas dicas simples de marketing digital que podem levá-lo ao sucesso.

Mas a maioria dos seus concorrentes não sabe como usá-las.

Este artigo enfocará as dicas de marketing digital mais populares. Eles são populares porque funcionam. Mas só se você souber por que, como e quando usá-los.

Mas primeiro, vamos abordar uma maneira novata de pensar que muitos proprietários de pequenas empresas têm.

1. Muitos ovos em pequenas cestas

Este é um erro que muitos donos de negócios novatos fazem – tentando fazer tudo de uma vez com pouca experiência.

Você configura 10 contas de mídia social. Você configura uma campanha de PPC (Pagamento por Click). Você configura um cronograma de postagens rigoroso sobre um tópico ao qual você ainda não pesquisou adequadamente.

E o pior é que você nunca usou mais da metade dessas plataformas de mídia social no passado!

Soa familiar?

Se sim, então pare. O pior erro que um novo empresário pode cometer é tentar gerenciar muitas novas contas de redes sociais de uma só vez.

Menos é mais. Quando você está apenas começando, o foco e a consistência devem ser seus principais objetivos.

Foco : Se você tentar lançar várias campanhas de uma só vez, ficará totalmente sobrecarregado, também terá dificuldade em determinar quais campanhas de marketing foram bem-sucedidas.

Consistência: Esta será a chave para tirar o seu negócio do chão.

  • Ser consistente nas mídias sociais irá construir um público fiel.
  • Ser consistente em seu blog vai construir uma base de clientes fiéis e transformar novas perspectivas em novos compradores.
  • Ser consistente em SEO significa que você economizará dinheiro a longo prazo em vez de confiar demais em publicidade paga.

Muitos proprietários de pequenas empresas tentam fazer tudo de uma vez e caem de cara no chão.

Mas você não precisa ser um deles. Ao seguir essas dicas de marketing digital, você já estará à frente do jogo.

2. Encontre seu lugar nas mídias sociais

A maioria dos pequenos empresários sabe que eles precisam estar nas redes sociais. Em 2018, 94% dos brasileiros estão conectados a internet e 64% possuem um perfil de mídia social!

Como proprietário de uma pequena empresa, seu objetivo deve ser encontrar seu lugar nas mídias sociais. Isso significa que, no começo, você deve se concentrar apenas, no máximo, em algumas plataformas de mídia social com as quais já se sente confortável.

Agora, após um tempo nessas plataformas, observe quantas interações você está recebendo.

Por exemplo, se o Instagram não está te dando nenhum engajamento, então siga em frente e foque na plataforma que faz!

O objetivo aqui é encontrar as plataformas de mídia social que oferecem o nível mais alto de interações (curtidas, compartilhamentos e comentários).

E a lição aqui é: não se preocupe em perder seu tempo em uma plataforma se o seu público simplesmente não estiver lá!

Descubra onde está a maior parte do seu público e publique nessas plataformas de forma consistente para criar uma sequência fiel de mídia social.

3. Marketing de Influenciadores

O marketing de influência é relativamente novo no campo das dicas de marketing digital. Na verdade, a maioria de sua concorrência provavelmente nunca ouviu falar disso!

E para os que têm, provavelmente estão indo pelo caminho errado.

Mas o marketing de influenciadores pode ser uma ferramenta muito poderosa quando usada corretamente.

Então, o que exatamente é marketing de influência?

Simplificando, significa que em vez de marketing para o seu público-alvo diretamente, você paga ou inspira pessoas influentes em seu nicho para passar a palavra por você.

Quando se trata de usuários de mídia social, os influenciadores são basicamente os encaminhamentos mais fortes que sua empresa pode obter.

O marketing de influência é especialmente eficaz, uma vez que 70% dos consumidores são influenciados pelas recomendações de seus pares na tomada de decisões de compra.

Portanto, você deve sempre manter-se atento a potenciais influenciadores futuros em seu nicho. Você vai querer se envolver com eles para que você possa construir sua visibilidade de marca.

4. Não subestime ter uma lista de e-mail

Uma lista de e-mail é provavelmente um dos recursos mais valiosos e responsivos que você pode ter.

Acredite ou não, muitos de seus concorrentes nem estão pensando em ter uma lista de e-mail. Em vez disso, eles cometem o erro de pensar que podem se safar apenas com a construção de uma mídia social

Claro que ter uma forte mídia social a seguir é muito importante! Mas quando se trata de transformar perspectivas frias em clientes pagantes, o marketing por e-mail é uma das melhores maneiras de fazê-lo.

5. A regra 80-20 para conteúdo

A regra 80-20 significa que 80% do seu sucesso virá de 20% de seus esforços. Esta regra se aplica a praticamente tudo, incluindo seu conteúdo. Seu conteúdo pode ser criado em vários meios diferentes.

Por exemplo: vídeos, webinars, postagens de blogs, infográficos etc.

Então, como a regra 80-20 se aplica?

Muito simplesmente, 80% do seu conteúdo deve comunicar VALORES, e 20% dele deve ser focado em promoções. Conteúdo valioso significa conteúdo único, atual, oportuno, relevante e que resolve problemas reais para seu público-alvo.

Seu sucesso virá de 20% de seus esforços, mas outros 80% são necessários para dirigi-lo!

Muitos pequenos empresários têm o contrário. 80% do conteúdo de seu blog é excessivamente vendido, e apenas 20% dele contém informações úteis ou valiosas!

Se você não estiver convencido sobre o valor da criação de conteúdo útil, reserve um momento para refletir sobre o fato de que as empresas com blogs recebem 67% mais leads do que as empresas sem blogs.

Outros benefícios de ter um blog incluem:

  • Obtendo mais tráfego segmentado.
  • Adiciona um elemento humano à sua marca, criando assim confiança e fidelidade com seus clientes.
  • Custo efetivo e simples de configurar.

6. Quando confiar em SEO

Cada pequeno empresário que se aventura no mundo das dicas de marketing digital já ouviu falar sobre SEO.

Mas ainda assim, muitos deles fogem disso porque acham que é complicado e consome muito tempo.

Embora essas duas coisas possam ser verdade, o SEO ainda é a melhor maneira de direcionar o tráfego orgânico para o seu site.

Mesmo algo tão simples quanto o nome da sua empresa pode influenciar sua classificação no mecanismo de pesquisa. De acordo com uma empresa de SEO, as empresas com uma forte palavra-chave em seu nome comercial classificam-se 1,5 pontos acima das empresas sem uma palavra-chave em seu nome comercial.

Em vez de se concentrar em uma estratégia de SEO a longo prazo, muitas pequenas empresas explodem seu orçamento de marketing digital em anúncios de PPC quando começam.

Então, quais são as diferentes áreas que o SEO cobre?

Há um monte. Mas falando de um modo geral, estes são os principais:

  • Otimização de sites.
  • Otimização de página.
  • Otimização de dispositivos
  • Edifício de ligação credível.

Existem muitas outras subcategorias dessas áreas principais. Por exemplo, o uso de palavras-chave é uma subcategoria de otimização de página.

Há muito a aprender. Mas aprender e implementar SEO dará ao seu site melhor visibilidade nos mecanismos de busca.

7. Quando usar publicidade paga

Conforme mencionamos na seção anterior, muitos pequenos empresários gastam muito do seu capital de giro no PPC. Eles têm a ideia certa – gastar dinheiro com publicidade paga no começo para obter tráfego.

Mas, na ausência de um funil de vendas e de uma estratégia de SEO de longo prazo, eles começam a confiar na PPC para impulsionar a maior parte de suas vendas. Este não é um método de marketing digital sustentável por conta própria.

O erro deles é que eles acabam confundindo “mais tráfego” com “mais vendas”.

Mas tudo o que acabam fazendo é conseguir mais perspectivas frias e nenhuma venda .E na publicidade PPC, onde você paga por cada clique, isso pode ficar caro se você não estiver fazendo conversões com seus cliques.

Mais tráfego é ótimo, mas sem um funil de marketing, você não obterá resultados ótimos.

Em vez disso, você deve seguir estes três passos simples:

  1. Crie uma oferta relevante e atraente.
  2. Crie um ótimo conteúdo para o site.
  3. Crie anúncios PPC direcionados para levar as pessoas ao seu site.

Lembre-se de uma das dicas de marketing digital mais importantes – o tráfego não é tudo.

Um erro amador é esperar transformar prospectos frios em compradores imediatos.Traga-os primeiro e depois os converta em compradores mais tarde.

8. Aprimore a experiência do usuário

Melhorar a experiência do usuário (UX) será a o que mantém cada uma das suas estratégias juntas.

A seguir, maneiras comuns e populares de fazer isso. Há também muito mais métricas e dicas de marketing digital para medir a experiência do usuário.

  • O conteúdo do seu site.
  • Os canais de comunicação que você usa.
  • Uma interface de usuário intuitiva (UI).
  • Velocidade de carregamento do seu site.
  • Navegação de menu intuitiva.
  • Chatbots para ajudar na comunicação.
  • Um tom simples para o seu conteúdo.

Para fazer as escolhas ideais para essas diferentes áreas, você precisará aprender mais sobre seu público-alvo.

Existem três principais dicas de marketing digital a serem lembradas para criar uma boa experiência do usuário em 2018:

  1. Lembre-se de informar e inspirar seu público com seu conteúdo. Isso lhes dará uma impressão duradoura de sua empresa e facilitará o envolvimento.
  2. Você também precisará de uma estratégia de gerenciamento de clientes para ajudar você a se conectar melhor com os clientes. Ele levará você através do gerenciamento de consultas e reclamações. Ele também coletará comentários dos clientes e os fará sentir como se fossem parte da comunidade da sua marca.
  3. Outra coisa a ter em mente em 2018 é a eficácia do marketing de vídeo. Continua a subir em popularidade com o aumento da transmissão ao vivo. Plataformas populares já adotaram a transmissão ao vivo. Considere o Facebook Live, o Instagram Stories e o Snapchat Stories para interagir com seu público.

Conclusão

Como você pode ver, a melhor maneira de se antecipar à concorrência é usar as maneiras testadas e verdadeiras de marketing digital de maneira adequada. Seus concorrentes continuarão cometendo os mesmos erros, enquanto você estará evitando cair em armadilhas e investimentos de tempo e dinheiro desorientado e sem objetivo a ser alcançado, expandindo seus negócios e obtendo melhores resultados com essas oito dicas de marketing digital.